Deus e Ciência juntos em uma mesma religião?

O deísmo é uma crença em um ser supremo que permanece  intocável. Deus é visto apenas como a “primeira causa” e o princípio básico da racionalidade do universo.

20090223elpepisoc_1Os deístas acreditam em um deus da natureza, que permite que o universo corra o seu próprio curso de acordo com as leis naturais. Como um “deus relojoeiro” iniciando o processo cósmico, o universo segue adiante sem necessitar da supervisão de Deus. O deísmo acredita que as leis precisas e invariáveis definem o universo como possuindo auto-funcionamento e sendo autoexplicativo. Estas leis revelam-se através da “luz da razão e da natureza“.

Deus é identificado através da natureza e da razão, e não da revelação. Os deístas que creem em Deus, ou pelo menos em um princípio divino, seguem poucos (quando seguem) dos outros princípios e práticas do Cristianismo, Judaísmo ou de qualquer religião que acredite em um Deus pessoal.

Qualquer deus deísta é uma entidade eterna cujo poder é igual à sua vontade. Alguns deístas creem em Jesus Cristo, enquanto que outros não. A maioria dos deístas mostra respeito aos ensinamentos morais de Jesus. A Bíblia não é aceita como a infalível Palavra de Deus. Os deístas refutam a evidência da encarnação de Jesus como sendo Deus na Terra. Eles negam a credibilidade de qualquer escrito dos apóstolos ou qualquer outro escrito “divinamente inspirado”.

O deísmo não tem nenhum credo, artigos de fé ou livro sagrado. Satanás e o inferno não existem, apenas símbolos do mal que podem ser superados pelo raciocínio do próprio homem. O homem tem a capacidade de decidir o caminho sensato a ser seguido quanto à sua moralidade.

Os deístas se referem a si mesmos como “livres pensadores” e rejeitam revelações e visões. Não há lugar para o absurdo de milagres e profecias na vida de um deísta iluminado.

O deísmo não tem necessidade de ministros, padres ou rabinos.

Tudo de que um indivíduo precisa é o seu próprio bom senso e a capacidade de contemplar a sua condição humana.

Fontes:

“God, the Evidence, the Reconciliation of Faith and Reason in a Post-Secular World” por Patrick Glynn, Prima Publishing, Rocklin, CA 1997.

“The Hidden Face of God–How Science Reveals the Ultimate Truth” por Gerald L. Schroeder, Free Press, 2001 (autor de The Science of God; Genesis and the Big Bang).

http://www.allaboutphilosophy.org/portuguese/deismo.htm#sthash.mrStNG86.dpuf

Alguma dúvida? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s